Visit Us On FacebookVisit Us On Instagram
Feliciano e Malafaia rebatem insinuações da Globo contra Bolsonaro no caso Marielle

www.gospelmais.com.br

O assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) voltou à discussão nacional após a TV Globo veicular informações obtidas junto à investigação, que corre em segredo de Justiça, insinuando que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) poderia ter envolvimento com o crime.


No Jornal Nacional, a emissora afirmou que uma testemunha teria dito aos policiais que as pessoas suspeitas do crime teriam ido ao condomínio onde Bolsonaro tem residência e recebido autorização de alguém na casa do presidente (à época deputado federal) para entrar.

A emissora pontuou que no dia e hora relatados pela testemunha, Bolsonaro estava na Câmara dos Deputados, com presença registrada através de suas digitais. No entanto, mesmo com essa informação, usou o vazamento da investigação que corre em segredo de Justiça em seu principal telejornal.

Os pastores Marco Feliciano (PODE-SP) e Silas Malafaia usaram as redes sociais para criticar a postura jornalística da emissora, que se valeu de uma alegação sem amparo com os fatos para insinuar uma ligação, mesmo que indireta, de Bolsonaro com o crime contra a vereadora. Tudo isso num momento em que toda a América do Sul enfrenta certa instabilidade política, com o caso do Chile sendo o mais agudo.

“No @jornalnacional testemunha diz que falou por interfone com o PR @jairbolsonaro no Rio, estando ele em Brasília. Há COMPLÔ POLÍTICO na polícia do RJ p/ envolver o PR no homicídio de Marielle. Gov. @wilsonwitzel: tome providências enérgicas, ou será suspeito de ser o mandante!”, escreveu Feliciano, que acompanha Bolsonaro em sua viagem à Ásia e Oriente Médio.

“Ao tentar envolver o Presidente em um homicídio, comprovado que @jairbolsonaro estava a 1000 Km do local, @RedeGlobo Lixo COMETE CRIMES PREVISTOS LEI DE SEGURANÇA NACIONAL (arts. 23/26). Sugiro Min. @SFMoro requerer à @policiafederal que abra inquérito (art. 31, IV. LSN). A @RedeGlobo, traidora da Pátria, incita à subversão da ordem política e social, enxovalhando a honra do Presidente. QUER MONTAR AQUI O MESMO CIRCO DA VENEZUELA E DO CHILE. Para quem a TV se vendeu desta vez? E ainda têm a cara de pau de reclamar das hienas!”, acrescentou Feliciano.

Em outro tweet, horas depois, Feliciano voltou a criticar a TV Globo: “Era uma vez uma emissora séria que por puro desespero se joga na esgotosfera. A quem interessa esse circo armado? Esse caos instaurado? É preciso nominar todas as hienas! É Preciso desmascarar a #GloboLixo e todos os escondidos sob o manto da covardia!”.

Por seu lado, Malafaia limitou-se a tripudiar do papel desempenhado pela emissora: “SÓ KKKKK MUITO DA PIADA! A Globo faz jornalismo sério, só pode ser piada! A tentativa sorrateira e medíocre de dar a notícia para levantar suspeita sobre Bolsonaro em relação ao caso da vereadora assassinada. JORNALISMO IMPARCIAL DA GLOBO? QUANDO? NUNCA! Atacam o gov. toda hora”, escreveu.

“PRESIDENTE BOLSONARO! FIQUE TRANQUILO! Deus é especialista em transformar caos em bênção. Essa safadeza de tentar levantar suspeita contra você, vai lhe fortalecer mais ainda. Vamos assistir seus inimigos derrotados e envergonhados. VAI DAR TUDO CERTO! Deus está no controle”, finalizou o líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC).

3, Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *