Visit Us On FacebookVisit Us On Instagram
Porquanto o que era impossível à lei… Deus, enviando o seu Filho em semelhança da carne do pecado, pelo pecado condenou o pecado na carne. Romanos 8:3

O Pecado E Os Pecados

  Do momento em que o homem transgrediu um mandamento dado por Deus ele tornou-se um pecador. Sua vida é governada por um poder que na Bíblia é chamado de pecado. Por causa disso, o homem peca; suas ações são pecaminosas; ele pratica pecados. Isso não deve ser confundido com o poder que na Bíblia é chamado de pecado .

  Pecados precisam ser perdoados; “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça” (1 João 1:9). Todos que morrem em seus pecados serão confrontados com o juízo eterno (cf. João 8:24). Os pecados que temos cometido nos fazem culpados diante de Deus. Então eles são o padrão por meio do qual todos os que morrem em seus pecados serão julgados (cf. Apocalipse 20:12).

  O pecado é um poder que não pode ser perdoado. Não há nada para ser perdoado. Não há nada que possamos fazer quanto a termos nascido pecadores. E porque somos pecadores, todos pecaram (cf. Romanos 5:12). Tal situação é tratada na questão relativa aos pecados. Mas o que dizer do princípio maléfico do pecado? O mesmo precisa ser julgado, i.e., tratado por meio de uma sentença judicial proferida por Deus. Deus fez isso quando Ele “condenou o pecado na carne”. O efeito disso se aplica a todo o crente agora, e irá um dia, ser aplicado ao todo da criação.

O perdão dos pecados, entretanto, é uma questão puramente pessoal. É algo que todas as pessoas necessitam.

www.chamada.com.br

1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *